REAJUSTES ANUAIS DOS PLANOS DE SAÚDE (DE 1º.08.2021 A 31.07.2022)

Como é de conhecimento coletivo, o ano de 2020 foi assolado por uma pandemia, a qual se projeta até os dias atuais. Essa pandemia teve dois efeitos sobre o quotidiano dos planos de saúde: reduziu o uso (e os custos) dos serviços preventivos, contudo, agregou novos e desconhecidos custos, relacionados à detecção e ao tratamento da COVID-19.

 

Nesse cenário de incertezas a imprensa tem divulgado que os planos de saúde “economizaram” em razão da pandemia, fato que não corresponde à totalidade da informação, haja vista que alguns custos foram apenas adiados; agora começaram a ser recebidos e continuarão a impactar no caixa das operadoras por longo tempo.

 

Por isso, cumprindo exigências regulamentares e legais a ELOSAÚDE realizou a reavaliação atuarial de seus planos com o objetivo de garantir que tais planos se mantenham economicamente viáveis e equilibrados – independentemente de boatos e incertezas –, garantindo perenidade de direitos e assistência aos beneficiários.

 

Os estudos realizados sobre o “Plano E-2020” evidenciaram que o plano apresentou desequilíbrio financeiro entre despesas e receitas. Diante dessas constatações técnicas, o “Plano E-2020” será reajustado em 6,46% para fazer jus à necessidade de receita projetada para o próximo ciclo de 12 meses.

 

 

No “Plano PERFIL”, a necessidade de receita projetada para os próximos de 12 meses ocasionou a aplicação de 8,31% de reajuste sobre as mensalidades vigentes até então.

 

Os planos odontológicos (para quem os possui) também foram reajustados.  O reajuste do “Plano B” foi de 12,04% e do “Plano C” de 2,86%.

 

O estudo atuarial que aponta os reajustes anuais é desenvolvido por empresa especializada – registrada junto ao IBA – Instituto Brasileiro de Atuários – obedece às determinações estatutárias e regulamentares, cumpre as regras estabelecidas pela ANS e foi submetido à análise e aprovação do Conselho Deliberativo da ELOSAÚDE.

 

A ELOSAÚDE continua aplicando estratégias, empreendendo esforços e atuando com rigor em busca de economia e racionalização dos custos. Nesse sentido, toda e qualquer economia obtida é revertida em favor dos beneficiários inscritos nos planos.